Você gostaria de aumentar a produtividade nos seus estudos? Certamente que sim. Nos últimos anos, com o aumento pela procura da flexibilidade de horários oferecida pelos cursos online, por exemplo, muitos estudantes e profissionais acabam esbarrando em diversos fatores que afetam a produtividade nos estudos. 

Ao iniciar uma capacitação em Cursos EAD, a ideia é aproveitar o tempo, ser mais produtivo e conseguir resultados satisfatórios. Estes objetivos estão ligados diretamente a dois fatores fundamentais: o primeiro está relacionado ao ambiente de estudo e o segundo ao comportamento do aluno. É muito difícil separar um do outro, mas não se preocupe, vamos desdobrá-los para explorar os detalhes que podem levar você a melhorar sua produtividade, em menos tempo, e com mais qualidade. No Enfoque Capacitação, você pode ter acesso a um completo sobre o curso online Administrando Melhor o Tempo para auxiliar você nos estudos e organização. Continue lendo artigo e descubra os aspectos importantes sobre o assunto e saiba como realizar cursos online com certificados.

Começaremos pela configuração de um ambiente ideal para os seus estudos. É muito comum ouvirmos alguém dizer que está estudando “tantas horas” todos os dias, mas seus resultados não estão saindo conforme as expectativas. É bem provável que o ambiente de estudos não esteja ajudando, esteja favorecendo distrações e outros obstáculos para que seus resultados sejam melhores. Um bom local de estudos pode ter tanta influência no resultado dos cursos à distância quando o tempo dedicado a eles.   

O local de estudo

Por mais que seja senso comum afirmar que o lugar mais confortável e reservado da casa é o seu quarto, não quer dizer que este seja o melhor lugar para você estudar. A simples presença de uma cama pode levá-lo a “tentação” de querer, por exemplo, estudar deitado. Mesmo assim, a questão da privacidade acaba levando a maioria dos estudantes de Cursos EAD a optar pelo quarto como ambiente de estudo.  

Portanto, se não houver a possibilidade de estudar em outro local reservado que não seja o quarto, a solução mais comum é a criação de um “cantinho de estudo” dentro do quarto. Neste caso é necessário estar atento às distrações, procurando separar os ambientes. Sempre que possível, deixe a cadeira de costas para a cama, e também para televisão, se houver. Assim estará prevenido da tal “tentação”.

A Mobília  

Um ambiente de estudos tem alguns aspectos técnicos que merecem muita atenção. Por exemplo , a mobília. Uma escrivaninha adequada deve ter o tamanho adequado ao espaço em que será colocada, e também estar numa altura ideal para estudos, que é de 0,75cm do chão. 

O mesmo caso é aplicado à bancada de estudos, o ideal é que ela tenha 0,75m de altura do chão, e, no mínimo 1m de largura. Essa medida possibilita que o computador e os cadernos sejam abertos lado a lado. Melhor ainda se fizer a opção de colocá-la próxima a uma janela, que permita bom arejamento no ambiente. Uma boa mesa de estudos também estará nestas dimensões.

Atenção, alguns móveis como as escrivaninhas, mesas e bancadas podem ser esteticamente bonitos,mas pouco funcionais na hora de utilizar, fique atento aos detalhes!

Cadeira Ergonômica

Este móvel é de extrema importância, e de grande influência na sua produtividade. Por isso, a cadeira na qual você passará algumas horas sentado deve ser produzida segundo a Norma 13962/2006 da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas. Veja algumas das recomendações para que a cadeira seja segura e de qualidade, e não promova lesões ou mesmo cansaço excessivo.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Assento

O assento deve ser regulável, de maneira que o usuário possa ajustar sua altura. Desta maneira, ficará com os joelhos formando um ângulo de 90º em relação ao piso, com os pés totalmente encostados no chão. Essa é a postura ideal para sentar-se durante os estudos.

Encosto

A largura mínima do encosto é de 30cm, e a altura mínima é de 24cm. Há casos ainda, em que o encosto é separado do assento, e nessas ocasiões, ele também deve ter uma regulagem que permita que o encosto se ajuste ao ângulo natural da coluna vertebral do usuário.

Material do Assento

O estofamento do assento deve ser firme e ao mesmo tempo macio. Se possível, dê preferência aos tecidos que “respiram”, ao invés dos sintéticos.

Rotação e Rodinhas

Importantes, e ótimas para evitar que se levante ou faça esforços desnecessários ao alcançar algum objeto. Quem nunca brincou de deslizar com uma cadeira com rodinhas? Brincadeiras a parte, elas ainda ajudam a não degradar o piso do seu local de estudos.

Braços das cadeiras

Que sejam, preferencialmente ajustáveis. Os braços das cadeiras permitem que, ao relaxar seus braços, o usuário também relaxe a musculatura do pescoço, uma das regiões mais exigidas na atividade de estudar online. Favorecer sua postura certamente aumentará sua produtividade. 

Notebooks e Computadores

Procure valorizar o conforto da sua atividade, principalmente no que diz respeito à digitação. Com a utilização de mouse pads ergonômicos e apoios para os punhos. Geralmente esses acessórios são “recheados” com gel, e ajudam a prevenir dolorosos problemas, como a tendinite.

A opção por equipamentos sem fio também ajuda a manter o local mais limpo e organizado, caso o equipamento tenha fios, não há problema algum, basta mantê-los fora do seu campo de ação, organizados de maneira que não lhe atrapalhem na sua movimentação.

A resolução do monitor do seu computador ou notebook também é de extrema importância. Procure manter o nível de brilho e contraste da tela que você está usando num modo confortável. É importante fazer pequenas pausas de 10 minutos a cada hora olhando para a tela. Olhe para outros pontos de vez em quando, e também pisque várias vezes se perceber que já está há muito tempo diante do monitor. Um monitor mal regulado poderá prejudicar sua visão, além de incorrer em mais esforço e cansaço ainda.

Iluminação adequada

Não é novidade para ninguém que um ambiente mal iluminado não é adequado aos estudos. Mesmo assim é interessante abordarmos alguns detalhes desse problema, que é mais comum e constante do que podemos imaginar.

As leituras prolongadas em ambientes mal iluminados fatalmente terão como consequência as famosas dores de cabeça de “tanto estudar”. Quando o ambiente é mal iluminado e o estudante está assistindo a vídeos, ou digitando, por exemplo, é comum ocorrerem ardências nos olhos, ou lacrimejamento excessivo.

Sem dúvida, a melhor iluminação é a natural, a luz do dia. Porém, como muitos participantes dos cursos online precisam estudar à noite, é preciso ajustar a iluminação de maneira que a sua leitura seja confortável, para que sua leitura flua como se fosse dia. Esse aspecto também é muito abordado no curso online Administrando Melhor o Tempo e, neste curso online, você também pode obter os seus certificados para serem anexados ao currículo, apresentar em entrevistas ou em concursos públicos.

As luminárias são ótimas para se conseguir um bom resultado com a luz no seu ambiente de estudo. Além de possuir uma grande variedade de escolhas em relação à estética, muitas delas possuem regulagens de intensidade de luz, os dimmers. As mais indicadas são as de chão, um pouco mais caras que as de mesa, porém, somente elas podem ser colocadas na posição ideal para o estudo de livros, que é um pouco atrás do estudante, para evitar que seja ofuscado pela lâmpada.

Tanto para as luminárias quanto para a iluminação fixa, faça sempre a opção por lâmpadas que não aqueçam muito, como as de LED ou fluorescentes que são, inclusive, mais econômicas. Para a leitura, as que são mais indicadas são as lâmpadas de cor amarelada.

Temperatura

A temperatura ideal é aquela que for mais confortável para você. Locais muito frio ou quentes causam desconforto, cansaço e desatenção. Lembre-se que ambientes ventilados naturalmente são mais saudáveis. Se você possui ar condicionado, fique atento aos sinais como irritação da mucosa nasal, ou ardências dos olhos, caso aconteçam, é hora de desligar o aparelho, ok?

Nível de ruído

Há quem prefira, para estudar, um ambiente de extremo silêncio, outros preferem uma música para quebrar um pouco o silêncio. Para os que gostam de estudar com música, há estudos que comprovam que música clássica, por exemplo, é excelente para manter o cérebro ativo, em forma. De qualquer maneira, aquilo que lhe deixar mais confortável é o que vai auxiliar na sua produtividade.

Organização física

Será muito melhor para você ter o ambiente mais limpo e organizado para que o seu cérebro não se distraia com informações novas vindas do ambiente. Se em cima da sua mesa estiver aquela pizza, o copo sujo de café, o carregador do celular fatalmente você não terá um espaço adequado, e pior, você pode ser mais um a comprovar a Teoria das Janelas Quebradas (Broken Windows Theory) já ouviu falar dela?

Em 1969 pesquisadores da área de Psicologia Social da universidade americana de Stanford fizeram o seguinte experimento: deixaram dois carros iguais abandonados em duas cidades diferentes. O primeiro foi deixado no famoso bairro do Bronx, periferia pobre de Nova Iorque. O outro carro foi deixado em Palo Alto, uma área nobre e tranquila da Califórnia.

Em algumas horas o carro deixado no Bronx foi totalmente destruído, vandalizado. Até então o carro que estava em Palo Alto estava intacto. Os pesquisadores, então, quebraram um vidro do carro de Palo Alto, e o que aconteceu nas próximas horas foi a mesma coisa!

Moral da História (ou da pesquisa): se o ambiente já estiver bagunçado, é bem provável que você o bagunce ainda mais.

Portanto, deixe na sua mesa somente o seu computador, material de anotação, livros e canetas. O que for desnecessário tirará sua atenção ao desorganizar e poluir o ambiente.

Uma boa ideia para organizar de maneira eficaz o seu ambiente de estudos, seja quarto, escritório ou "canto de estudos", é utilizar o Programa 5S, um método de organização e qualidade criado no Japão, logo após a segunda Guerra Mundial e que hoje é referência no mundo todo em conceitos de qualidade.

Agora que seu ambiente de estudos já está organizado, é hora de tomar algumas atitudes que podem ajudar você a conquistar o nível de produtividade que almeja alcançar no seu curso à distância. Os principais pontos a serem vistos agora são:

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Tenha um plano de estudo

Um bom plano de estudo fará toda a diferença na sua produtividade e na qualidade do seu aprendizado. É item obrigatório para quem vai estudar online.  Use (e abuse)  de agendas e ferramentas de controle de atividades, como o Trello para se organizar, definir metas e cumprir seus objetivos nos seus cursos à distância. E mantenha esse planejamento sempre atualizado, aproveitando para analisar, passo a passo, o seu desempenho.

Método Pomodoro

Não cometa o erro de estudar várias horas seguidas sem descanso, isso mina a sua produtividade e no final o resultado não será o que você espera. O Método Pomodoro é um excelente método de administração do tempo que evita a fadiga do estudante, e consequentemente, melhora a produtividade.

É muito simples, com o temporizador do celular, ou com um cronômetro, marque 25 minutos. Inicie suas tarefas programadas para aquele momento. Ao encerrar os 25 minutos faça uma pausa de 5 minutos, e ao final de quatro tempos de 25 minutos ,faça uma pausa de 30 minutos.

Você perceberá o quanto consegue produzir em 25 minutos, e ao final destes quatro “tempos” será surpreendido com a quantidade de informação que já trabalhou ou absorveu.

O Método Pomodoro ainda é uma poderosa arma contra a procrastinação, e será fundamental para que você cumpra seu plano de estudo.

Combatendo a Procrastinação

Bateu aquela vontade de dar uma conferida nas redes sociais antes de iniciar suas atividades? E que tal verificar se aquele e-mail chegou? Essas pequenas e aparentemente inocentes atitudes são graves erros para quem pretende estudar online, pois podem tomar mais tempo do que o necessário das suas tarefas, e ainda podem ser desviadas para outras atividades desnecessárias.

É preciso dar sentido de urgência à todas as suas atividades, e evitar que elas fiquem para a última hora, sob o risco de comprometer a qualidade do seu trabalho e seu aprendizado. Comece na hora marcada, termine na hora certa e não faça pausas maiores que as que determinou. Dessa maneira, já estará livre do fantasma da improdutividade, e poderá fazer seus cursos EAD com tranquilidade.

Todos esses fatores são de extrema influência na qualidade e na produtividade de quem faz cursos online. Estar atento aos menores detalhes fará toda a diferença. 

E você, como está a organização do seu ambiente de estudos? Se quiser otimizar ainda mais e "voar baixo" na sua produtividade, inscreva-se no Curso Online Administrando Melhor o Tempo e verá que o resultado da sua capacitação pode ser ainda melhor! Disponibilizamos também cursos online com certificados, garanta logo o seu e saia na frente no mercado de trabalho.

Você possui alguma dica que funcionou com você e não está listada no texto? Comente, interaja, aproveite esse momento também para tirar dúvidas. Sua participação será sempre bem vinda, até a próxima!