Quem visa trabalhar ou já atua na área administrativa ou de recursos humanos deve procurar se manter atualizado quanto às práticas e teorias de variadas funções relacionadas. Um curso de auxiliar de departamento pessoal, por exemplo, pode elucidar diversas temáticas voltadas a um dos cargos mais requisitados do setor, ajudando os interessados a conseguirem as melhores vagas do mercado.

Aqui no Enfoque Capacitação você pode desbravar conteúdos diferenciados no Curso Online Auxiliar de Departamento Pessoal‍, ideal para capacitar, atualizar e aperfeiçoar estudantes e profissionais. Ao realizar um curso online de excelência sobre o tema, as chances de se dar bem em entrevistas de emprego e processos para progressão de carreira aumentam bastante.

Além disso, vale saber, com as possibilidades de se escolher cursos online com certificado, os alunos podem cumprir as horas complementares da faculdade e até mesmo somar pontos em provas de títulos de concursos públicos. É uma forma moderna de aprender tudo sobre as rotinas de departamento pessoal e ainda garantir diversas vantagens para a vida acadêmica e profissional. Que tal começar agora a investir em seu futuro?

Para lhe dar um empurrãozinho a mais, elaboramos este artigo super completo. Nele, vamos explanar acerca de tópicos importantes que constam em nosso curso de departamento pessoal online e mostrar como você pode melhorar o currículo com muita praticidade. Acompanhe, anote as dicas e tire suas dúvidas.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Curso de auxiliar de departamento pessoal para conseguir as melhores oportunidades

Em 2017, a Robert Half, uma das consultorias de recrutamento mais renomadas do Brasil, publicou um guia salarial e um estudo sobre tendências em contratação de pessoal para o ano corrente. Entre as áreas mais em alta, mesmo em meio à crise que o país enfrenta, é a de Recursos Humanos.

A pesquisa elenca os profissionais do ramo que têm as melhores ofertas de emprego atualmente, entre eles estão os cargos de: coordenador, gerente generalista, analista de folha de pagamento e departamento pessoal, analista sênior de remuneração e benefícios. Todos eles possuem relação com a área de administração e RH e precisam de pessoas engajadas e bem especializadas. Desta forma, percebemos que não é à toa que os cursos online sobre o tema fazem tanto sucesso.

Para fazer jus ao que o mercado atual oferece, é preciso escolher bem o curso de departamento pessoal que ajudará a agregar conhecimentos. Isso porque, de acordo com o guia, para colher bons frutos, o profissional precisa entender todas as etapas do negócio de modo completo e sempre muito atualizado. O manual deixa bem claro que conhecer apenas os subsistemas de RH ou as leis trabalhistas não é suficiente para elevar a carreira para outro patamar.

Portanto, se você tem interesse em ingressar no nicho de departamento pessoal ou já está nele e quer potencializar seus resultados, sugerimos que comece a estudar o quanto antes em cursos a distância confiáveis. Além do curso de auxiliar de departamento pessoal, aqui no Enfoque Capacitação há outras opções interessantes para deixar seu currículo mais atraente.

Para se ter uma noção, há mais de 50 cursos online voltados para a área de Recursos Humanos e Administração no portal, perfeitos para fazer você disparar frente aos concorrentes. Aprendendo mais e melhor, é possível atender todas as demais mais facilmente e chamar a atenção dos chefes ou recrutadores.

O que acha de se dedicar aos estudos, mas de uma forma diferente, muito mais dinâmica, agradável, econômica e ainda sem precisar se deslocar? Nos próximos tópicos você descobre mais informações sobre todos os benefícios de se qualificar no curso de departamento pessoal.

Administração de Pessoal no Brasil

A administração de pessoal, mais conhecida hoje em dia como gestão de pessoas, também abordada em nosso curso online, teve início no século 19 para suprir a necessidade que as empresas tinham de calcular tudo relacionado aos registros de funcionários. Ou seja, elas precisavam de sistemas que organizassem os contratos de trabalho, o cumprimento das leis, as faltas, os atrasos, entre outros. Nesse época, tal setor era conhecido por ser “linha dura” e, por isso, os trabalhadores tinham certo receio em relação a esse tipo de gestão.

Já no século 20, o sentido de gerir os contratados foi evoluindo de década a década, sendo que entre os anos 30 e 50 a Consolidação das Leis Trabalhistas foi sendo instaurada por Getúlio Vargas. A partir daí, nasceu o cargo de Chefe de Pessoal e começaram as pesquisas em torno do segmento, visando uma adequação ao mercado brasileiro.

Segundo o especialista em gestão de pessoas Luiz Augusto Costa Leite, a evolução do RH no Brasil pode ser considerada uma consequência da chegada da indústria automobilística, na era Kubitschek nos anos 50. Em 1965, o país já contava com a atividade de departamento pessoal em pleno vapor.

Nesta época, por conta da ditadura militar, houve diversas intervenções de sindicatos e o governo resolveu proibir as greves e manifestações. Além disso, os salários e benefícios tiveram diversos reajustes, pedindo a participação ativa de profissionais capacitados para contabilizar os custos e acompanhar as mudanças da inflação.

Vale saber que antes da criação dos cargos efetivamente de RH, as empresas se sentiam seguras em procurar o auxílio de advogados. Eles eram os profissionais mais próximos das relações com as leis trabalhistas e também com os direitos das pessoas. Com o desenvolvimento dos estudos e da criação do curso voltado para essa área, as corporações começaram a valorizar tais especialistas. Até hoje, eles são indispensáveis para organizar qualquer tipo de negócio e por isso há tantas oportunidades para quem visa se qualificar.

Aproveite que esse mercado está constantemente aquecido e busque aprender mais e mais sobre temas completos. Nosso curso online auxiliar de departamento pessoal oferece um conteúdo amplo, com didáticas complexas explicadas de uma forma muito mais agradável. Além deste, há outros cursos a distância ideais para lhe atualizar nesse sentido, como o Curso Online Gestão de Pessoas‍.

curso de auxiliar de departamento pessoal

Acompanhamento e controles junto à contabilidade

Entre as principais funções do profissional de departamento estão a elaboração da folha de pagamentos de funcionários, de rescisões e contratações, de guias de recolhimentos de impostos, controle de concessão e pagamento de férias, registro em CTPS, etc. Todas estas atividades citadas possuem relação com outro setor, também primordial para qualquer empresa: o de contabilidade.

É muito comum que as corporações aliem as equipes de departamento pessoal com a da área contábil para que o trabalho seja mais eficiente. Afinal, as duas exercem funções que se complementam. Por conta disso também que é imprescindível que os funcionários tenham noções globais do trabalho de cada um desse segmento, para promover mais agilidade e produtividade nos processos. Cursos online com certificado também podem ajudar nessa missão, já que englobam matérias multidisciplinares.

Quando um funcionário é contratado, por exemplo, há todos os trâmites ligados às leis trabalhistas, como o próprio registro na carteira profissional, o exame médico admissional, cadastro no PIS, elaboração de contratos de experiência e estágio, se for o caso, entre outros. Essas funções são, comumente, executadas pelo setor de departamento pessoal. Logo no primeiro mês trabalhado, entram as funções contábeis, importantes para os pagamentos e contribuições saírem exatamente como planejado pela empresa e, claro, dentro da legislação.

Com isso, o profissional de departamento pessoal pode ficar a cargo da elaboração da folha de pagamento, e o de contabilidade, com a missão de fazer todos os cálculos e declarações pertinentes ao trabalho realizado e à empresa. É possível aprender mais sobre a relação entre os dois nichos no curso de departamento pessoal online aqui do portal. Para captar ainda mais conhecimentos e valorizar o currículo, vale também fazer o Curso Online Introdução à Contabilidade‍, voltado para essa área importante e que complementa as atribuições do setor de RH.

Rescisão do Contrato de Trabalho

Um dos tópicos que mais geram dúvidas entre estudantes e profissionais que procuram um curso de departamento pessoal é o que diz respeito à rescisão de contrato de trabalho. Toda empresa com funcionários contratados via CLT deve se precaver para aquele momento em que algum deles pede demissão ou em que ela mesma precisa demitir. Esse processo envolve inúmeras obrigações para assegurar o cumprimento dos deveres das duas partes, bem como os direitos. Este assunto é amplamente debatido no curso online auxiliar de departamento pessoal e também no Curso Online CTPS - Carteira de Trabalho e Previdência Social‍, que é mais específico.

Conheça a seguir os principais pontos que devem ser estudados por você para realizar um bom trabalho nesse quesito:

O Aviso Prévio

Quando um funcionário deixa a corporação onde trabalha, tem um respaldo legal chamado "aviso prévio". Basicamente, ele consiste na comunicação formal da rescisão do contrato de trabalho, que deve ser feita por escrito, informando ainda que há um período de 30 dias de trabalho para ser cumprido. Esse mês a mais deve proporcionar mais segurança ao trabalhador demitido, que pode utilizá-lo para se recolocar no mercado, e também à empresa, já que ele poderá contar com a ajuda do funcionário durante esse tempo até encontrar outro para o mesmo posto.

Há duas versões de aviso prévio que podem ser empregadas legalmente pelas instituições:

  • Aviso prévio trabalhado: a empresa comunica o empregado de que será dispensado dentro de 30 dias.
  • Aviso prévio indenizado: o funcionário é comunicado que será dispensado imediatamente e receberá um mês a mais de trabalho.

Essas modalidades são garantidas pela Constituição Federal e a CLT. Importante frisar também que a Lei 12.506, de 2011, garante que empregados demitidos sem justa causa, além dos 30 dias de aviso prévio indenizados ou trabalhados, recebam por três dias adicionais por cada ano de serviço trabalhado na empresa. Esse direito, no entanto possui um limite, pode ser de no máximo 90 dias, como é o caso de quem trabalhou por 30 anos na empresa e foi demitido. Vale saber que quem é demitido por justa causa, perante a lei, perde o direito ao aviso prévio.

Rescisão por Iniciativa do Empregado

Esse tipo de rescisão é bem comum e consiste no rompimento do contrato de trabalho por iniciativa do empregado. Ele pode ocorrer em três condições: pedido de demissão, rescisão indireta e aposentadoria. 

Caso o trabalhador não queira mais continuar na empresa por quaisquer motivos, podendo ser por insatisfação, por necessidade de mudar de área ou até mesmo de encontrar um emprego com um salário melhor, entre outros, ele entra com o pedido de demissão. Porém, como falamos no tópico sobre aviso prévio, o empregador deve comunicar sua saída à empresa pelo menos 30 dias antes de sua saída.

Desligamento por rescisão indireta

O artigo 483 da CLT lista os diversos motivos que podem levar um funcionário a requerer a rescisão indireta do contrato de trabalho. Entre os principais estão: meses de trabalho sem receber salário, recolhimento irregular do FGTS pelo empregador, assédio moral e rebaixamento de função e salário. Quando isso ocorre, o empregado tem direito a indenização, liberação do FGTS, saldo de salário, 13° salário, férias, e outras verbas trabalhistas.

Para que a rescisão indireta seja concretizada, é preciso comprovar que a empresa tenha cometido falta grave, ocasionando em prejuízos para o funcionário e aniquiliando possibilidades de continuidade dele no cargo e no devido ambiente de trabalho. Os elementos que se sobressaem nesse tipo de processo são aqueles relacionados ao descumprimento das cláusulas contratuais que asseguram a dignidade do trabalhador. A ajuda de um advogado, nesses casos, é sempre bem-vinda.

Rescisão por Iniciativa do Empregador

Há diversos motivos para que uma corporação não queira mais trabalhar com certo funcionário. Quando a empresa decide dispensar algum funcionário sem justa causa, deve ter em mente que precisará cumprir diversos termos legais. A indenização é certa e o comunicado, como já dissemos, deve ser feito anteriormente para que seja cumprido o aviso prévio.

Quando o empregado recebe a informação de que será dispensado, já pode assinar o termo de Rescisão de Contrato de Trabalho. O departamento pessoal ficará encarregado de calcular o valor que o mesmo tem a receber, incluindo todos os tributos legais. 

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Dispensa por justa causa

Entre as rotinas de departamento pessoal também está o ato de comunicar formalmente o empregado caso ele seja demitido por justa causa. O aviso deve constar claramente o motivo pelo qual ele será desligado imediatamente da empresa. O profissional de DP também deve saber que é proibido por lei registrar na Carteira de Trabalho que o funcionário foi dispensado desta forma.

Nesse caso, a empresa deve pagar ao funcionário o saldo de salários, 13º salário proporcional, férias proporcionais acrescidas de 1/3 constitucional e, caso haja, as férias vencidas. Ele não tem direito a sacar o Fundo de Garantia (FGTS) ou a requisitar o Seguro Desemprego.

Entre as faltas mais graves que podem gerar a demissão por justa causa estão: improbidade (roubo de itens ou valores); desídia (conferência inapropriada de documentos gerando prejuízos ou acometimento de mais de três faltas por mês); insubordinação e indisciplina; abandono de emprego; embriaguez no ambiente de trabalho; ofensa física ou moral; conduta sexual; violação de informações sigilosas da empresa ou dos colegas.

Todos esses conceitos são da alçada de profissionais departamento pessoal, recursos humanos e também de Direito Trabalhista. É interessante que estudantes e já atuantes no mercado procurem cursos a distância eficientes para aprender conteúdos atualizados sobre esse tema. Afinal, as leis costumam ser constantemente modificadas e cursos online de qualidade podem ensinar da forma mais segura possível. Conheça por aqui, entre outras opções, o Curso Online O trabalhador e seus direitos‍, que explana sobre todas as teorias e práticas que envolvem as leis de trabalho no Brasil.

Gostou de conhecer um pouco sobre as rotinas de departamento pessoal? Então agora chegou o momento de você disparar no mercado de trabalho e procurar conhecimentos que agreguem às funções já exercidas e ao currículo como um todo. Além de aprender bastante em cursos online com certificado, você pode acompanhar diversos artigos da área para se manter atualizado, como o: Conheça os 10 cursos online de recursos humanos mais procurados‍.

Se você ficou animado para começar seus estudos em um curso online de excelência, faça sua inscrição agora no Enfoque Capacitação. Investindo apenas R$69,90 você tem acesso ao curso de auxiliar de departamento pessoal e muitas outras opções do Pacote Master durante um ano inteiro, sem arcar com mensalidades. O que achou da ideia?

Comente abaixo suas impressões sobre o tema abordado neste artigo e o curso de departamento pessoal online divulgado por aqui. Confira também nosso e-book O Guia Completo do Administrador. Esperamos você mais vezes, até uma próxima!