Como fazer uma redação oficial? Do que se trata esse termo e quais suas principais normas? Para que serve e onde usá-la? Se você tem todas essas dúvidas, vamos saná-las neste artigo esclarecedor, além de indicar ótimos cursos online para aprender e se tornar um expert em redação oficial.

Redigir um bom texto pode parecer desafiador para muitas pessoas, porém, com técnicas e boas práticas, é possível entender todos os aspectos e dominá-los. Se você trabalha na área pública – sobretudo a jurídica -, está interessado em prestar muitos concursos ou atua em empresas que exigem o uso da redação oficial, leia nossas dicas.

Após conferir esse conteúdo e conhecer melhor o Curso Online Redação Oficial, do Enfoque Capacitação, você perceberá o quanto é simples compreender os parâmetros desse termo e utilizar todos eles no dia a dia. Vamos lá?

Entenda os principais conceitos da Redação Oficial

O que é redação oficial?

Certamente você já ouviu esse método e já teve contato com suas normas ao ler um edital de concurso, um comunicado de órgão público, um documento importante, entre uma série de aparatos em que a redação oficial se faz obrigatória. Pois é, ela é usada em diversos autos e tem termos bem específicos, que não podem ser deixados de lado.

Segundo o Manual de Redação Oficial da Presidência da República trata-se de "uma maneira pela qual o Poder Público redige atos normativos e comunicações". Sendo assim, é comum utilizarem regras bem esclarecidas em todos os documentos referentes aos órgãos públicos, para passar uma mensagem que seja para uma empresa, para um público alvo ou para toda a sociedade em si.

A redação oficial, conhecida também como correspondência oficial, tem características bem direcionadas. Não é difícil percebê-la e, como já dissemos, provavelmente você já leu vários documentos assim, com uma linguagem clara, sem espaço para impressões individuais e métodos que levem a interpretações diferenciadas. São atributos que seguem o artigo 37 da Constituição, que revela: "a Administração Pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência".

Sendo assim, ao contrário de um texto jornalístico, um conto ou qualquer outro tipo similar, a RO não abre espaço para a subjetividade. A meta é ser realmente objetivo e impessoal, com caráter informativo e dados reais. O padrão culto também é essencial, assim como a formalidade comum a tudo que se refere à Administração Pública, seja ela na esfera federal, governamental ou municipal – e vice-versa, pois ao contatar um órgão, também é desejado que uma empresa/pessoa faça uso dessas regras.

Imagine que você fará a prova para um ótimo concurso público. Logo que é divulgado, todos os dados ficam dispostos em um edital que deve servir como apoio fundamental aos candidatos. Ao ler esse auto, perceba como está o texto – tudo bem claro, não é? Então, isso é redação oficial. O recado é para todos, não há nenhuma particularidade e meio que caiba uma opinião, é aquilo e pronto. Essas regras são primordiais para apresentar todas as referências de uma série de processos, tanto no concurso em si como licitações, convocações, entre outros recursos.

Nesse contexto, ter o total domínio dessas técnicas é importante para muitos grupos, de trabalhadores do Poder Público, interessados em tornar-se um servidor, pessoas que lidam com procedimentos burocráticos em empresas de todos os portes... escrever bem é essencial, e felizmente a prática e o conhecimento são os maiores aliados nesse objetivo.

É por isso que indicamos neste artigo um ótimo curso de redação oficial em que dá para aprender os conceitos mais importantes desse método. No Curso Online Redação Oficial do nosso portal, há uma disposição de pontos detalhados e eficientes, um dos melhores cursos EAD do tipo e que ainda dá a possibilidade de se certificar.

Cursos relacionados que podem te interessar:

Em quais documentos usar esse padrão?

Mas, quais são os documentos em que é preciso usar tal padrão? A partir do momento em que você sabe como fazer uma redação oficial, tenha em mente que ela será importante em variados documentos. A Administração Pública do País exige que seu uso seja obrigatório em uma diversidade deles: alvarás, atas, apostilas, atestados, autos, editais, avisos, boletins, certidões, circulares, contratos, convênios, convites, convocações, decretos, declarações, deliberações, despachos, estatutos, fax, guias, exposições de motivos, memorando, mensagens, ofícios, notas, instruções normativas, pareceres, portarias, relatórios, ordens de serviço, resoluções e requerimentos.

Muitos são extremamente comuns e estão disponíveis para a consulta da população em vários canais seja de órgãos oficiais, empresas e instituições. Logo, não se deve estranhar suas peculiaridades, ao contrário, é preciso estar aberto para compreendê-las e, assim, entender a mensagem que o texto passa.

Profissionais de setores específicos já sabem que terão que lidar com a redação oficial sempre, por isso até já se acostumam com tantas regras e aprendem a redigir cartas com maestria e facilidade, como advogados, promotores, administradores, funcionários públicos de diversas áreas, especialistas em recursos humanos, entre outros. Por isso, a importância da RO é cada vez mais latente e necessária.

Pense que, trabalhando em uma empresa que se comunica diretamente com um órgão público, será necessário enviar uma nota a respeito de um serviço ou processo. Nesse caso, não dá para usar a linguagem do dia a dia, por mais formal que você pense que esteja. É preciso fazer uso do que a redação oficial exige, sem dar margem para qualquer interpretação que passe longe do seu comunicado. Seguindo essa linha, não tem como errar e passar apuros simplesmente por uma mensagem mal redigida.

Você não precisa ser um "mestre" em redações gerais para dominar esse método. Basta estar aberto para aprender suas características e contar com bons auxílios, estudando por meio de um curso de redação oficial que seja realmente excelente, de uma instituição renomada.

Os cursos online com certificado do Enfoque Capacitação, por exemplo, são perfeitos para que o aluno se capacite, atualize e aperfeiçoe em muitos assuntos. Além de cursos a distância direcionados e que agregam valor à formação, ainda dá para aprender uma série de temas e alimentar cada vez mais o conhecimento. Vale muito a pena conhecer e investir nessa proposta que dá um upgrade em suas competências profissionais e pessoais.

Como fazer uma redação oficial?

Agora que você já sabe do que se trata o tema de nosso artigo, chegou a hora de saber como fazer uma redação oficial passo a passo. Vamos abordar algumas dicas gerais dos principais termos, que são aprofundados em muitos cursos online relativos. Nesse caso, é fundamental considerar:

Padrão culto

O primeiro quesito a se atentar é quanto ao padrão culto de linguagem, aquele que não muda e está muito além do que usamos no cotidiano. Então, esqueça as gírias, jargões e expressões regionalistas. No caso da redação oficial, o vocabulário deve ser único e direcionado a todos os grupos, sem espaço para referências.

Esse aspecto, porém, é diferente de "linguagem burocrática". Não é por ser um padrão que deve ser intrínseco e único. Lembre-se que cada documento e mensagem têm suas peculiaridades, logo, é importante pensar nos detalhes. Ao fazer uma redação oficial, muita gente procura um modelo pronto na internet ou de um comunicado antigo e apenas atualiza com aos novos dados. Nesse caso, é preciso ter cuidado, pois o sentido de uma guia, por exemplo, pode não ter nada a ver com a outra.

curso online redação oficial

Impessoalidade

A impessoalidade refere-se à linha de comunicação básica: emissor, mensagem e receptor. No caso da RO, o remetente será sempre o Serviço Público – uma secretaria, um ministério, uma seção, um órgão, uma empresa -; a mensagem relativa a suas diretrizes e o destinatário sempre outro setor público, organização, cidadão ou a sociedade em si. A ideia é ser o mais claro possível, sem qualquer vestígio de subjetividade ou impressão individual.

Um texto impessoal sempre deve ser escrito na terceira pessoa (comunica-se), primeira pessoa do plural (comunicamos) ou primeira pessoa do singular (comunico), apresentando sempre dados reais, objetivos e com as normas esclarecidas.

Formalidade

Já a formalidade não abre espaço para grau de intimidade. O tratamento é o mesmo para o receptor, independente da pluralidade. Nesse caso, é exigido tanto um pronome correto quanto uma estrutura tradicional, como diagramação, clareza datilográfica e uniformidade do papel. São esses detalhes que diferenciam a redação oficial e seus documentos de demais alternativas, por mais semelhantes que possam parecer.

Clareza e concisão

Por fim, a clareza e concisão são pontos primordiais, para evitar que o texto seja difícil de entender e conte com muitas "firulas". A ideia é ir sempre direto ao assunto, sem mais delongas e "enrolação". Para isso, usa-se um termo conhecido como "economia linguística", que tem como objetivo informar o máximo com o mínimo de palavras.

A ambiguidade também é precisa ser deixada de lado. Não se deve fazer um texto que abra margem para interpretações diversas, é necessário informar e pronto, com muita clareza e exposição da situação. A compreensão precisa ser sempre satisfatória e eficiente por todos aqueles que lerão tal ofício.

Pode parecer um pouco confuso lembrar-se de tantos termos e regras, mas pode ficar tranquilo que, com o estudo frequente – com cursos EAD, inclusive – e a prática, em pouco tempo você fica craque em redação oficial e passa a dominá-la sem maiores problemas.

Redação oficial para concursos

Mas, e no caso da redação oficial para concursos? Por que preciso me atentar nesse processo também? Bom, caso seu objetivo seja se tornar um servidor, pode ter certeza que em muitas avaliações a RO terá destaque, além de ser uma companheira no cotidiano da profissão, sobretudo em órgãos públicos de grande porte.

A redação oficial para concursos é abordada desde as questões da prova e, não se engane: tanto para um cargo "simples" quanto para um mais direcionado, provavelmente esse método estará presente, seja com perguntas específicas ou nos textos que precisam ser compreendidos antes de selecionar uma resposta.

Portanto, mesmo que você ainda não tenha sido aprovado para o cargo de interesse, é indicado ler o edital e conferir quais serão as matérias e assuntos tratados na avaliação pra verificar se a redação oficial estará presente. A partir daí, não dá para perder tempo: em seu plano de estudos, não deixe de coloca-la como tema obrigatório.

Pense que, começando a usar a redação oficial para concursos a partir dessa etapa, caso você consiga a vaga que deseja, o trabalho será muito mais fácil e competente. Infelizmente, é comum muitos servidores se estagnarem e não buscarem a qualificação ideal para sua função, então, por que não se tornar um destaque positivo nesse campo?

Assim, você passa tranquilamente pelo estágio probatório, consegue a tão sonhada estabilidade e, mais que isso, pode realmente promover mudanças sociais necessárias – o verdadeiro papel de um servidor público. E isso vale para vários temas, da redação oficial a demais atributos essenciais. A preparação exige muito esforço e investimento em bons materiais, como os cursos online com certificado.

Por meio de vários cursos a distância, você pode ficar por dentro de inúmeras pautas, tanto na preparação quanto no dia a dia. Ser um profissional excelente e que está sempre atualizado sobre seu ramo só depende de você, e felizmente você pode contar com o Enfoque Capacitação para isso.

Os certificados do Enfoque Capacitação podem ser usados para:


Prova de Títulos em Concursos Públicos

Horas complementares para faculdades

Complemento de horas para cursos técnicos

Progressão de carreira em empresas

Turbinar seu currículo

Revolucionar sua vida profissional e acadêmica

Curso de redação oficial: invista e se especialize

Realizar um curso de redação oficial garantirá ótimos benefícios para todos os seus objetivos. Várias pessoas precisam conhecer e entender esse método e a melhor forma de dominá-lo é contando com cursos online excelentes. Além de se especializar, dá para conseguir um ótimo certificado que pode ser utilizado para progressão de carreira, prova de títulos, reconhecimento no mercado de trabalho, entre outras metas.

Nossa dica é que você aposte tanto no Curso Online Redação Oficial quanto nos demais cursos a distância do Enfoque Capacitação para se aprimorar sempre. Nosso portal é renomado, atestado e recomendado por mais de 160 mil alunos, que comprovam todas as vantagens disponíveis, como a possibilidade de fazer quantos cursos EAD quiser durante um ano investindo uma taxa única.

Com apenas R$69,90, você tem à sua disposição mais de 650 cursos online com certificado por um ano todo, sem precisar pagar mensalidades. O acesso é facilitado, por meio de um ambiente virtual de aprendizagem moderno e dinâmico, além de um conteúdo atualizado e preparado por uma equipe pedagógica exclusiva. Não dá para perder esses benefícios. Que tal se inscrever agora e dar um up em seus conhecimentos?

Gostou das informações? Aproveite e conte pra gente o que achou do artigo, além de compartilhar com os amigos. Até mais.